quinta-feira, 26 de abril de 2012

"Solidão"...

Não gosto da solidão, tenho medo dela, mas nunca a senti verdadeiramente, como aquelas pessoas mais velhas sentem. Dá-me um aperto enorme ver aquelas pessoas abandonadas. Por vezes até nos podemos sentir só no meio da multidão e sentimos um vazio. Mas há uma frase de Nietzsche que diz "Odeio quem me rouba a solidão, sem me oferecer verdadeira companhia" - concordo totalmente.
Solidão não deixa de ser solidão apenas porque temos alguém ao nosso lado. Deixa de ser solidão quando estamos acompanhados com pessoas que nos dão uma parte de si e nos deixam ainda mais completos.

6 comentários:

Quel* disse...

Essa frase é uma maneira mais pomposa de dizer: antes só que mal acompanhado :)

Miss I. disse...

Ya, basicamente é mesmo isso! E é bem verdadinha! Antes só que mal acompanhado!

eutambemtenhoumblog disse...

Olha que isso também me faz mesmo muita confusão... Ver os idosos sozinhos, sem terem alguém com quem falar.... Dói muito!
Eu gosto muito de estar sozinha mas penso que nessa idade sabe bem é estar rodeada de pessoas que nos fazem realmente companhia....

Beijocas

Miss I. disse...

A mim também me faz! Eu quando estoui sozinha em casa tenho que ter sempre a tv ligada porque sinto falta de barulho das pessoas a falar, imagino aquelas que passam dias e dias sem estarem com alguém. É mesmo muito triste. Pois é, mais do que nunca naquela idade é que precisam de companhia!!

Beijinhos

Alice disse...

Eu devo ser das poucas pessoas que gostam de estar sozinhas mas dá-me um aperto no estomago imaginar velhotes sozinhos. Aliás, odeio pensar que a minha avó e a irmã vivem as duas sozinhas numa casa. Os idosos não deviam de estar sozinhos

Beijo
Alice

Miss I. disse...

Gostas? Ai que eu detesto, nao gosto nadinha! A mim também me dá um aperto mesmo grande. Fico triste de pensar nessas coisas, ver pessoas com aquelas idades sozinhos, acho muito cruel. Muitos dizem que não sentem solidão, mas acho que no fundo devem sentir. A minha avó também vivia sozinha depois do meu avô ter falecido, mas depois teve um avc e começou a vir para casa dos filhos, mas quando ficou melhor preferiu voltar a ficar em casa. Fizemos a vontade e no ano passado deu-lhe outro avc durante a noite e passado alguns dias não resistiu.