segunda-feira, 30 de abril de 2012

Boas notícias

Pois que aqui a menina já se alegrou! O passeio à beira mar e uma ida ao shopping alegra qualquer pessoa! Mas eu devo estar muito doente, eu não comprei nada, zero, zerinhos. Qual sapatos, malas, vestidos, camisolas?? Nem uma simples pulseirinha, nem um trapinho comprei! Até estou admirada comigo, estou incrédula! A blogosfera está a despertar o meu lado forreta, só pode!! Bem, pelo menos o lado positivo é que não desgracei a carteira! Good!

8 comentários:

Tal mãe, tal filha disse...

Aconteceu-me à dias também ! Nem queria acreditar... Como é que é possível ?

beijinhos, Filha

Miss I. disse...

A sério?? Hoje também me aconteceu! Eu estou parva! E o meu namorado ficou ainda mais parvo! Disse que não era normal! Nem acredito mesmo! Como é que resisti!! Isto nunca me aconteceu! Trago sempre alguma coisinha, nem que seja um baton, uma pulseira, qualquer coisinha mesmo! Olha as minhas poupanças agradecem e crescerão mais um pouco!!

Beijinhos

Tal mãe, tal filha disse...

A minha mãe nem estava a acreditar quando cheguei a casa tão "rica" como quando saí ! Nem mesmo eu sei como é que consegui. Mas já é um bom progresso, agora com estas contenções todas...

beijinhos, a filha

Miss I. disse...

Pois imagino! Já vi que nisto somos iguaizinhas! Depois claro que as pessoas com quem convivemos ficam incrédulas! Devíamos estar doentes, ceguinhas!! Mas é bom uma pessoa conter-se! Ou então comprar de acordo com as possibilidades de cada um! Mas mesmo quem pode, aconselho a poupar, nunca se sabe o dia de amanha. Pelo menos eu faço assim! E o namorado igual!

Beijinhos

Tal mãe, tal filha disse...

Tem mesmo de ser senão estamos feitas ! Assim poupamos um pouquinho depois podemos comprar AQUELES sapatos lindos que andamos a namorar à meses :)

Beijinhos, a filha

Alice disse...

Eu também ando como tu, agora sinto sempre remorsos quando vou gastar o dinheiro... é a crise!

Beijo
Alice

Miss I. disse...

Ya, é sempre preciso poupar! Eu antigamente era muito esbanjadora, comprava por impulso, hoje em dia, já penso um pouco. É que agora a vida é diferente, não há cá o sustento dos papás! Ya, também de vez em quando merecemos!


Beijinhos

Miss I. disse...

Não se pode comprar tudo o que uma pessoa gosta e quer! Uma pessoa tem de ser racional e ver se pode mesmo comprar ou não! Créditos é que não. Sou totalmente contra. Só metem as pessoas em encrencas. É mesmo, a crise está em todo o lado!

Beijinhos