quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Constatação da noite #16

Cheguei tarde do trabalho e agora tenho de ir para uma reunião do condomínio, reunião essa que dura no máximo 20 minutos, já que toda a gente concorda e aceita tudo. Eu queria era algo mais emocionante, com mais acção, uma coisa mais interessante. Gente que vive em condomínios, falem-me das peixeiradas!! Ou também é tudo muito pacífico??

6 comentários:

Joana disse...

Nunca fui a nenhuma :P

Beijinhos! :P

Nessie disse...

Uiiiiii, as nossas duram umas 3 horas, e nem assim se decide nada em 2 ou 3 reuniões...
Só para veres, na 2ª tive uma, começou às 19h, vim para casa às 22h20, e dia 12 de outubro temos outra, porque não resolvemos nada... :(

Miss I. disse...

A sério?? Ui, estou parva! Três horas?? Tanto tempo! Nós temos uma por ano, no máximo duas! Está entregue a uma agência e cada reunião que fazem cobram um balúrdio. Cobram uma hora e nem isso demora a reunião. Sempre que há alguma questao que queremos fazer, ligamos para lá e eles resolvem tudo. Quando há algum problema é enviado uma carta/email a todos os condóminos e depois devolvemos resposta a dizer se aceitamos ou nao. Mas normalmente está sempre tudo de acordo uns com os outros.

Tania disse...

Bom, no meu prédio, somos só 8 inquilinos e 2 só lá vão passar férias.
Como somos todos muito sensatos e bons vizinhos vamos falando antes da reunião quando nos encontramos nas escadas. Se é para fazer obras no prédio, quando é dia de reunião, já temos os orçamentos, quando é para tomar decisões mais ou menos elas já estão tomadas quando nos reunimos.

miquinhas e cia disse...

Deixa lá que na próxima reunião do meu condomínio eu convido-te para ires no meu lugar. Ficas com direito a tudo: peixeirada, gritos, bocas...
Duram imenso tempo e não se resolve nada porque a fulana do r/c direito, que não fala a ninguém o ano inteiro, no dia da reunião (1 reunião por ano) solta a franga e axincalha toda a gente, até o representante da empresa do condomínio. A última reunião, em Março deste ano, quase acabou à estalada. O meu vizinho do 1º esqº foi puxado para fora do prédio pelo vizinho do 2º direito senão o tipo ia às trombas da fulana do r/c direito.
Mas olha que a tipa merece mesmo, é do mais vil e mesquinho que eu já vi. Põe-se a falar - leia-se "gritar" - de coisas que mais ninguém sabe do que se trata, lembra-se de histórias que não lembram nem ao Diabo (e esse é um sabichão, não fosse ele velho).
Enfim, é um arraial. Eu já desisti de ir às reuniões, não tenho nem tempo nem pachorra para aquelas parvoíces :(

Nessie disse...

Pois, mas aqui o mal é que só um terço do prédio paga o condomínio...
ou seja, metade tá em tribunal, o terço que paga vai às reuniões, mas nunca decidimos muito, porque já sabemos que os outros vão falhar (agora precisamos de uns arranjos urgentes nas fachadas e varandas), e o resto tranca-se em casa porque não quer saber...