terça-feira, 26 de março de 2013

Vivo com medo.
Tudo à minha volta parece não fazer sentido.
Toda a felicidade de repente se torna numa profunda tristeza.
Presa a este quarto, espero sempre acordar deste pesadelo.
De repente, torno-me numa pessoa raivosa.
Desejo que cada dia fosse uma semana. 
As dores intensificam-se cada vez mais.
Não sei se serei capaz de te ver.
Culpo-me por pensar que algo de errado fiz.
O que poderei fazer para te ajudar???

(sinto-me sem palavras, sinto-me perdida)







A pequena Beatriz está a chegar. 


18 comentários:

Maria João disse...

Olá,

Antes de mais, tens que pensar no que estás a fazer à tua menina, toda essa ansiedade não é nada boa.
Eu sei, eu sei que não é fácil abstrairmo-nos das coisa más só porque estamos grávidas.

Pensa que és muito, mas muito mais forte do que aquilo que possas imaginar.
Eu sei o que te digo!!!

Um beijo e um Xi apertadinho,
MJ

Mamã Apuros disse...

Que se passa ? Agora fiquei com o coração apertado. É com a bebé, está em risco de nascer já? Será ela a Beatriz? Não sei se estou a entender bem o teu texto. Mas desejo-te toda a força do mundo e que corra tudo pelo melhor. bjinhos muito grandes

Miss I. disse...

Sim, Mamã Apuros, a minha Beatriz vai nascer, muito muito em breve, às 28 semanas.

Obrigada pelo apoio! E que tudo te corra bem!

Beijinho

Sortido disse...

Tudo irá correr bem vais ver!
Força, muita força!
Um grande beijinho
Sortido

Anónimo disse...

Não fizesses viagens tão longas!!!

Boa sorte

*C*inderela disse...

Ai mulher, agora fiquei preocupada. Tens que passar o resto da gravidez em descanso ou ela vai nascer antes do tempo?

Boa sorte*****

Lúcia disse...

Tem calma contigo tudo irá correr bem, os bebés são muito mais fortes do que pensamos, o importante é que estejas o mais calmo possível e tudo correrá bem.
Um beijinho e boa sorte para as duas.

Anónimo disse...

Caro Sr(a) Anónimo(a) se é para dizer merda mais vale nem comentar. A rapariga esta grávida não está doente, e se fez uma viagem longa ....muito provavelmente teve consentimento médico para a fazer, não acha? pessoas frustradas até metem nojo.

Um beijo para ti Miss I e que tudo corra bem.

Cláudia disse...

Tem calma minha querida que vais ver que vai correr tudo bem!
Tem calma e uma dia de cada vez.

Beijocas

Ana Cristina disse...

vai tudo correr bem de certeza :)
beijinhos e calma...

Anónimo disse...

tchiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii se há gente invejosa..................................

Patrícia disse...

Vai tudo correr bem, vais ver! A tua Beatriz é uma lutadora. E se tiver nmesmo de chegar Às 28 semanas, terá todos os meios e miminhos cá fora! Vais ver!
Eu nasci às 28 semanas, há 36 anos atrás e sei que hoje em dia tudo é melhor e mais avançado!
Vai correr tudo bem!!
Pensa em coisas bonitas! E em como ela vai sentir que é amada e mimada!!! :)
Um beijo

Paulo Nunes disse...

28 semanas? credo cruzes! que aconteceu?
tens de ter calma, muita calma mesmo! antes e principalmente depois. Eu sei que falar é facil.. mas está tudo na tua cabeça. a tua mente manda e nao deixes que os sentimentos te controlem.
Vai correr tudo bem!
beijinhos

Miss I. disse...

Viagens tão longas?? Epa, nem merece comentário.

Miss I. disse...

Obrigada a todos mesmo pelo vosso apoio e carinho.

Anónimo disse...

Era tudo o que ela precisa ouvir neste momento.

Por vezes mais vale ficar calado.

Com tanta insensibilidade, só pode ser uma pessoa muito triste.
Tenho pena de si!

Para ti minha querida, força, muita força!!!
A Beatriz terá a força da mãe e o amor da família, logo, tudo correrá bem.

Beijos do tamanho do Mundo,

MJ

Anónimo disse...

Se disse o que disse foi pq me alertaram para o mmo por causa de uma viagem...os médicos!, e fiz a minha escolha. Ser mãe, é deixar de pensar em si, para pensar no melhor que pode haver na vida de uma mulher, um/a filho/a! A Beatriz vai-te ensinar isso! E apesar dos "ataques" à minha resposta realista, só te desejo sinceras Felicidades!! Muitos Parabéns!!!

Miss I. disse...

Os ataques ao seu comentário foi porque demonstrou um pouco de insensiblidade e sarcasmo. Se fiz a viagem é porque não apresentava riscos, nem para a bebé, nem para mim. Cada caso é um caso, se eu tive permissão, certamente outras grávidas não o poderão fazer. A minha gravidez sempre correu de forma calma, sem complicações, por isso o médico deu-me "autorização" para a viagem. Sempre fiz tudo para não a pôr em risco.
Obrigada e desejo também muitas felicidades