segunda-feira, 18 de março de 2013

Fim de férias atribulado

O pior não podia ter acontecido na sexta-feira. Estava já no aeroporto, quando me deparo que não tenho o passaporte. Apresso-me a ligar para o hotel, e confirmam que o passaporte não tinha lá ficado. Nessa altura caiu-me tudo, fiquei desesperada, estava a ver a minha vida a andar para trás. O avião acabava de levantar voo e nós em terra. Fui até à embaixada portuguesa e tratei logo de toda a burocracia, onde me foi emitido um passaporte temporário, onde tive de pagar uma alta taxa de urgência. Felizmente consegui tratar logo na sexta do passaporte, porque a embaixada está encerrada ao sábado e domingo e hoje, sendo feriado no México iria estar de novo encerrada. Depois disso tratado foi altura de tratar da viagem de regresso. Felizmente, a companhia aérea, foi incrivelmente atenciosa, compreenderam a situação e a taxa de remarcação foi pequena. Valha-nos isso! Tivemos logo voo no sábado ao fim da tarde e chegamos ontem. Vá, um dia de atraso, mas dadas as circunstâncias estava já a ver as nossas férias prolongadas. 
Hoje é dia de voltar ao normal, de tarde já regresso ao trabalho!!



3 comentários:

Maria João disse...

Beeem!!!Que desespero!!!

Ainda bem que tudo se resolveu rápido.

Bjs e bom regresso ao trabalho,
MJ

Cláudia disse...

Imagino o stress! =S

Beijocas

L.b disse...

Que filme, é mesmo de ficar desesperada. Ainda bem que tudo se resolveu sem grandes problemas ;)