terça-feira, 22 de outubro de 2013

Dia infernal

Uma da manhã, pequena acorda, pai vai ver o que se passa. Aparentemente tudo normal, tenta adormecê-la.
Duas da manhã, pai já desesperado traz a bebé para a nossa cama. Beatriz começa a chorar novamente. Acordo. Tento adormecê-la.
Dão 4 da manhã e todos acordados. 
Cinco da manhã, Beatriz continua super bem disposta e bem acordada.
Quase sete da manhã, adormecemos todos.
Oito da manhã, ALVORAAAAAADAAAAA! 
Nove horas, deixo-a na creche, super bem disposta.
Meio-dia, toca o meu telemóvel. Gaiata, cheia de febre, vómitos, diarreia. Saio do trabalho, pego nela, meto-a no carro a chover torrencialmente, a caminho do hospital criança vomita. Páro o carro, mudo de roupa e seguimos. 
Uma e meia, fazem o diagnóstico - gastroenterite.
Ainda são pouco mais de duas e meia e eu já estou exausta. 
Boa tarde para todos.


5 comentários:

Paulo Nunes disse...

Olha olha... onde é que eu já vi isso!! :)
O meu pukaninos tb teve isso... e pegou-me tb! reza para que nao estejam a encobar!!!! :)

Lima Limão disse...

As melhoras da princesa! :)
Cris

www.lima-limao.pt

Orquídea disse...

as melhoras :)

Maria João disse...

Pois é...e assim se inicia a vida dos contágios (na escolinha). Faz parte!!! Agora, vamos ver se não chega também aos papás.

As melhoras,
Bjs,
MJ

Maria disse...

Ossos do ofício de ser mãe..as melhoras!
Bjs
Maria