terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Da blogosfera

Dizia ontem a menina C*inderela que muitas pessoas tinham abandonado os seus cantinhos; ou privatizaram-os, fecharam, ou simplesmente deixaram de escrever. Já constatei isso também, é certo. Mas o que me tem andado na cabeça é como a fama da blogosfera pode subir à cabeça duma pessoa. Eu seguia religiosamente dois blogs (que não vou estar a dizer nomes), essas pessoas também seguiam o meu e trocávamos frequentemente emails, havia já uma certa empatia entre nós. Pois que desde que os ditos blogs começaram a ser mais visitados, com algumas parcerias estas pessoas mudaram a sua postura. Deixaram de responder aos emails, tornaram-se mais arrogantes, aspetos que estas pessoas tanto criticavam. A fama tem destas coisas, as pessoas deixam de ser menos humildes.

6 comentários:

Tal mãe, tal filha disse...

Infelizmente é mesmo assim...acontece, mais ou menos, o mesmo até com pessoas com quem lidamos diariamente (sem ser no mundo virtual), pensamos que as conhecemos e depois é isso...deixa lá :)

Beijos/ A Mãe

Cláudia disse...

Não sei de que blogs falas e eu pelo menos, tenho tido sorte com os meus mas é assim a vida.
Infelizmente as pessoas esquecem-se de onde vêm.

Beijocas

Goldie disse...

É tão feio isso!
Mas como costumo dizer só faz falta quem cá está!
Bj

*C*inderela disse...

O que torna isto giro é a interacção por isso não entendo esse tipo de comportamentos. Uma coisa é demorar a responder, devido às nossas vidas reais ou ao número de pessoas que nos "escrevem", outra é deixar pendurada alguém.

Bjokas.

Ana Cristina disse...

:) beijinhos para ti... gosto de te visitar :)

Sónia disse...

Ahhh sim... eu tb deixei de ir a um quando vi a resposta que a dona do Blog dava às pessoas que escreviam alguma coisa que não ia de encontro ao que estava publicado... era um tal de "parva" pra cá e "és parva" pra lá, que eu fiquei com o estômago embrulhado... e olha que não era nada comigo. O que fiz? Deixei de lá ir! Mas não faço falta... são muitas seguidoras... mas aquilo não é para mim... ando por estes lados a tentar desanuviar do dia-a-dia e aproveitar boas ideias de outros lugares.
Boa sorte por aqui! :)